A editoração de um livro requer conhecimentos técnicos muito específicos.

Evidentemente, o autor de um livro não precisa dominá-los, mas sempre é bom saber que estes conhecimentos estão a serviço do enriquecimento da obra, ao proporcionarem maiores legibilidade e conforto visual às páginas, melhor portabilidade ao livro e mais beleza no geral.

Por exemplo:

Apresentação. A capa de um livro pode ser, ou não, o chamariz para o conteúdo. Capas bonitas, que causem uma ótima primeira impressão ao leitor, ajudam certamente no sucesso da obra. A capa funciona mais ou menos como a embalagem dos produtos de consumo: sua atratividade determina o interesse do consumidor.

Legibilidade. Você já reparou que há livros que, mesmo que bem escritos e com temas interessantes, são cansativos de ler? Isso acontece porque os projetos gráficos têm problemas, como escolha de tipologia inadequada, espaçamento apertado entre letras, palavras e linhas, área de mancha exagerada, isto é, muito espaço da página ocupado pelo texto etc.

Portabilidade. Determinar corretamente o formato do livro e estimar o número adequado de páginas interfere no resultado final. Livros de formato pequeno, com excessivo número de páginas, são ruins de manusear. Da mesma forma, livros de formato maior, mas com número pequeno de páginas, dão a impressão de tratarem-se mais de folhetos do que de livros. Estimar a melhor relação entre formato e paginação é algo delicado e que deve ser deixado nas mãos de profissionais do ramo.

Por isso, aqui na Editora Livronovo, os projetos gráficos de capa e miolo são executados por profissionais com muitos anos de experiência. Veja alguns exemplos em nosso catálogo.

Quer saber mais? Fale com a gente hoje mesmo.